UFSC e Polícia Militar firmam parceria para programa S.O.S Desaparecidos

Publicado em: 07/08/2018


Na tarde do dia 2 de agosto, quinta-feira, a Secretaria de Ações Afirmativas da Universidade Federal de Santa Catarina (SAAD/UFSC) firmou parceria com a Polícia Militar para oprojeto S.O.S Desaparecidos. A união das duas entidades visa promover o programa voluntário das delegacias de Florianópolis e região.

A conversa, realizada na sala de reuniões daPró-Reitoria de Assuntos Estudantis (PRAE), contou com a presença de Francis Tourinho, secretária da SAAD; Olga Regina, coordenadora do Núcleo Diversidade Sexual e Enfrentamento da Violência de Gênero, e dois representantes da Polícia Militar: soldado Teixeira e major Rocha, líder do S.O.S Desaparecidos. Também esteve presente Rafael Farias, graduando em Direto da UFSC e membro do grupo de Direito Penal Internacional, que representa a universidade no Comitê Nacional de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas do Ministério da Justiça.

Ao fim do encontro, foi sugerida a produção de um vídeo pela Polícia Militar como forma de divulgar o projeto para a comunidade acadêmica e sanar dúvidas recorrentes sobre o registro de um possível desaparecimento, como a extinção do mito de que é preciso aguardar 48 horas para ir à delegacia. Além disso, também foiacertada uma palestra sobre o tema nas dependências da UFSC, porém ainda sem data definida. O foco da parceria será a prevenção.

O Programa S.O.S Desaparecidos da Polícia Militar de Santa Catarina foi criado em 2012 eé executado pela Coordenadoria de Pessoas Desaparecidas, cuja equipe atua na busca, divulgação, armazenamento de dados de desaparecidos e ações de prevenção.