Alunos do “Sou Estudante, Sou Cidadão” encerram ciclo em Camboriú

Por: Cabo Rodrigo Costa, em 30/11/2018


Na tarde desta sexta-feira, 30, foi encerrado em Camboriú o ciclo de 2018 do projeto “Sou Estudante, Sou Cidadão”, na Escola CAIC Jovem Ailor Lotério. A solenidade reuniu autoridades civis e militares da região, além de professores e convidados, sem contar as mais de 600 crianças que lá estudam,da pré-escola até a 5ª série.

Foi mais uma tarde de civismo e disciplina, no lugar mais apropriado para se repassar alguns ensinamentos fundamentais. Valores que por vezes a família não tem condições de moldar, mas que por ali vêm ganhando força e servindo como modelo e inspiração para jovens carentes de outras escolas da região.

Em meio aos presentes, destaque para o comandante-geral da Polícia Militar de Santa Catarina, coronel Carlos Alberto de Araújo Gomes Júnior, o subcomandante-geral, coronel Cláudio Roberto Koglin, e o prefeito do município, Elcio Rogério Kuhnen.

“O projeto iniciou há 4 meses, mais precisamente no dia 30 de julho, e as formaturas acontecem todas as segundas e sextas-feiras. Mas, é somente nas sextas-feiras que acontecem as premiações dos alunos que são destaques na semana”, explicou a diretora do CAIC, Luci Meri Gabriel Maul.

“Todos os dias eles entram em forma e cantam o hino nacional. E também toda semana um aluno é escalado como chefe-de-turma, quando assume a responsabilidade de fazer anotações daquilo que presencia de irregular. Aí, no fim da sua semana, esse aluno tem a incumbência de passar as alterações ao seu policial-monitor, para que ele possa fazer eventuais orientações”, esclarece Luci.
Durante a cerimônia, foi realizada premiação dos alunos destaque da semana e também foram entregues homenagens à algumas autoridades. Na sequência, também foi oficializada a entrega da chave de uma nova viatura policial ao comandante do 12º Batalhão de Polícia Militar e foi realizada uma apresentação dos alunos em homenagem à Polícia Militar, que, de forma inédita, desenvolve o projeto na escola.
“Agora, toda vez que o senhor tomar um café vai lembrar do nosso CAIC”, disse a diretora da escola, ao presentear o coronel Araújo Gomes com uma caneca personalizada.
Em sua fala, o prefeito de Camboriú, Elcio Rogério, enfatizou a relevância das atividades desenvolvidas. “Acreditamos no projeto desde o primeiro momento. Ele nasceu com o apoio dos três poderes. E com essa harmonia, só poderia dar certo”, avaliou. “Sem esquecer de reconhecer que os policiais militares aqui da região são fantásticos. Não só por isso, mas temos o sonho de ter por aqui também um colégio militar”, comentou. “Inclusive, já manifestei esse desejo ao governador, no ano passado”, completa o prefeito.
“Vocês são exemplo para outras escolas. Vamos fazer de tudo para que vocês sejam o que quiserem ser”, afirmou o comandante-geral da PMSC. “Se a PM puder ajudar a comunidade. Se a PM puder ser parceira. Se pudermos emprestar nossos valores. Estaremos sempre aqui. E também estaremos sempre prontos para proteger vocês, quando for necessário”, promete o coronel Araújo Gomes.
“Muitas crianças não sabem o que é certo ou errado. Não têm muitos referenciais. E, assim, sutilmente, a gente consegue contornar algumas coisas, principalmente alguns hábitos e alguns valores. Conseguimos mudar a mentalidade dos jovens”, garante o coordenador do projeto, capitão Tiago Teixeira Ghilardi, da 1ª Cia do 12º BPM.
“Alguns pais, de alunos de outras séries, já vieram nos procurar e solicitaram o projeto para as classes que não são contempladas”, comenta o capitão, ao citar as transformações percebidas em casa, pelos pais dos alunos participantes.
“Esperança em um futuro melhor. É muito fácil perceber a transformação. Coisas simples, que fazem muita diferença. Coisas básicas, que eles não conheciam e já começaram a aprender. Viu só a vibração dessas crianças cantando o hino”, comemorou o comandante do 12º BPM, tenente-coronel José Evaldo Hoffmann Júnior, ao resumir sua avaliação.
Por fim, encerrando a cerimônia as crianças contaram a Canção da PMSC e também desfilaram “em continência” ao comandante-geral e às demais autoridades. E seguiram para suas salas de aula.
Camaro policial
O Chevrolet Camaro, entregue oficialmente à PM durante a solenidade, já estava há cinco anos no pátio do 12º BPM. Apreendido em 2013, pela Polícia Militar, durante ocorrência em Camboriú, o veículo, que era amarelo, acabou, por meio de autorização judicial, recebendo nova missão e um novo layout. Como passou os últimos anos recolhido, em Balneário Camboriú, e já apresentava sinais de degradação, a Justiça acabou determinando que o esportivo fosse incorporado à frota da PM.
De acordo com o comando do batalhão, o Camaro policial não será empregado no cotidiano de rondas, até pelo seu conceito, que não condiz com as atribuições de uma viatura policial operacional e também pelo seu elevado custo de manutenção, mas, com certeza, irá cumprir sua missão em ocasiões específicas e nos projetos sociais.
Texto: Cb Rodrigo Costa/CCS | Fotos: EstagiárioMateus Reichert Ricardo da Silva, do 12º BPM; Cb Rodrigo Costa e Sd Vinícius, do CCS

Ultimas Notícias Institucionais

  • Natal Solidário

    PM e entidades realizam entrega de br...
    12/12/2018
  • Na Capital

    Fardada, menina comemora seu aniversá...
    12/12/2018
  • Fronteira

    Comandante da 9ªRPM/Fron prestigia ...
    12/12/2018
  • Itajaí

    Mais de mil pessoas participam da 2ª...
    11/12/2018
  • Missão de Paz

    Policiais militares participam de sel...
    11/12/2018
  • Blumenau

    Policiais do 10º BPM participam de p...
    11/12/2018
  • 20º BPM/Fron

    Polícia Militar participa de festa d...
    11/12/2018
  • Visita técnica

    Aspirantes a oficial da Polícia Mili...
    11/12/2018
  • 13º BPM

    Proerd forma mais 58 alunos em Agronô...
    11/12/2018
  • Imbituba

    Polícia Militar promove ação soci...
    11/12/2018