Chefe da Comunicação Social da PM assina reserva

Por: Cabo Rodrigo Costa, em 01/02/2019


Olhar pra trás e se despedir de uma carreira não é tarefa fácil. Até porque são mais de 30 anos a serviço de uma mesma instituição. São inúmeras histórias e lembranças que passam na cabeça daqueles que encerram suas missões.

Com 32 anos, seis meses e seis dias de serviço, o agora coronel João Batista Réus, que respondia pela Chefia do Centro de Comunicação Social (CCS) da Polícia Militar de Santa Catarina, se despede dos colegas de seção. Ele aceitou a promoção requerida e ingressou na reserva remunerada.

O oficial iniciou sua carreira no 13º Batalhão de Polícia Militar (BPM), em Rio do Sul, depois foi para o 7º BPM, em São José. Já em Florianópolis, ele trabalhou na Diretoria de Pessoal (DP), na Comissão de Promoção de Praças (CPP) e, encerrou sua jornada no CCS, onde passou os últimos 12 anos.

Ao lidar com a imprensa e na criação de peças publicitárias institucionais por tanto tempo, na elaboração de conteúdo jornalístico e realização de eventos, o coronel lembra com muita clareza de muitos momentos, uns fáceis e outros difíceis. “Criamos uma estrutura de atendimento à imprensa, para darmos suporte nos momentos positivos e também nos momentos mais delicados. E é importante que tivéssemos essa estrutura fortalecida, porque uma Comunicação Social bem preparada dá essa sustentação, para que os abalos sejam os menores possíveis”, avaliou.“Hoje, conseguimos lidar com a imprensa em diversas situações”, emenda.

Quando fala do CCS, não esconde o orgulho e os desafios vencidos. “O sentimento de equipe fez com que o nome da PMSC se sobressaísse. E, com isso, acabamos tendo um reconhecimento nacional e internacional, pela competência de toda a equipe”, reconhece.

“Tive um subchefe muito parceiro. Grande parte de tudo o que aconteceu eu atribuo às valências dele. Que me ajudou a conduzir o “barco” em muitos momentos complicados”, lembra, ao falar do tenente-coronel Alessandro Marques, que atualmente é subchefe da Secretaria Executiva da Casa Militar.

“Penso que, por trabalharmos com criatividade, o CCS acaba se diferenciando em muito das outras seções da PM, pela sua dinâmica e clima de trabalho. Praticamente temos a estrutura de uma agência de publicidade.

Criamos de tudo um pouco, desde sugestões de pauta a vídeos institucionais”, explicou. “E, assim, se podarmos muito, a criatividade não flui”, completa.

“Penso que qualquer empresa que queira crescer e ter longevidade é preciso saber escolher as pessoas certas. E na PM não pode ser diferente. Até porque em nossa corporação muitas vezes temos nosso “teto de vidro” ameaçado, explicou.

Os colegas de trabalho o tinham como uma pessoa exemplar, tanto os mais modernos quanto os mais antigos. “Ele sempre foi paciente, humilde e flexível. Também sempre acessível e disposto a ajudar a equipe”, comentou o soldado Jeferson Hinckel.

Por fim, o coronel agradeceu as oportunidades que teve na carreira e, a partir de agora, já traça novos planos. “Inicialmente, pretendo realizar algumas viagens e, só depois, dar continuidade a alguns projetos pessoais”, comentou o coronel, que também é vocalista de uma banda.

Ultimas Notícias Institucionais

  • Jaraguá do Sul

    14º BPM inaugura mais duas células ...
    14/06/2019
  • 13º BPM

    PM lança o Programa Rede de Vizinhos...
    13/06/2019
  • 4ª RPM

    Solenidade marca assunção do novo c...
    12/06/2019
  • Missão cumprida

    Sargento de Videira assina reserva re...
    12/06/2019
  • Canoinhas

    Alunos da escola Sagrado Coração de...
    12/06/2019
  • 10ª RPM

    Centro Municipal de Educação Pequen...
    12/06/2019
  • Laguna

    Comandante do 28º BPM prestigia even...
    11/06/2019
  • 20º BPM/Fron

    Projeto Estudante Cidadão é lançad...
    10/06/2019
  • São José

    7º BPM recebe visita de inspeção d...
    08/06/2019