Inovação: 1ªCia/4ºBPM implanta Sistema de Escala de Serviço On-Line

Por: 1º TEN  RAFAEL VICENTE , em 17/09/2012


A 1ª Companhia do 4° Batalhão de Polícia Militar (1° Cia/4°BPM), responsável pelo policiamento da área central e Maciço do Morro da Cruz em Florianópolis, implantou o sistema de “Escala de Serviço On-line” . O sistema iniciou em 2011 e, desde então, passou a ser aperfeiçoado a fim de permitir que os policiais militares possam acompanhar e verificar as escalas de serviço através da internet, bem como solicitar pedido de escalas extra-ordinárias.
http://www.pm.sc.gov.br/fmanager/pmsc/upload/926920/sem_titulo-1aet4we634v6v56v756b.jpg
O Sistema de Escala de Serviço On-line, desenvolvido pelo cabo Marcos Pedro da Silva (1° Cia/4°BPM), proporciona uma maior agilidade e facilidade de acesso por parte dos policiais militares, como também efetividade ao princípio da publicidade que sempre deve nortear a administração pública.

Para o comandante da 1ªCia/4ºBPPM, 1º tenente Thiago Augusto Vieira, o novo sistema se constitui em uma importante ferramenta: “Mais que o controle das escalas, o sistema on-line permite aos policiais militares terem conhecimento dos turnos de serviço e de possíveis alterações de escala a partir de qualquer local que disponha de acesso a internet, por exemplo, de sua casa.”

http://www.pm.sc.gov.br/fmanager/pmsc/upload/926920/sem_titulo-4drtq46q3456f3cx634.jpg
Outro importante recurso do sistema, refere-se ao pedido do Estímulo Operacional por parte do policial militar. Partindo-se de horários pré-determinados, conforme a necessidade de serviço, o policial militar acessa as escalas de serviço on line e verifica qual o melhor dia disponível pela unidade para fazer as escalas extra-ordinárias. Os pedidos são verificados pelo comandante da unidade, a quem cabe autorizar o serviço, sendo em seguida inserida e publicado a escala extra-ordinária, isso tudo monitorado pelo próprio policial militar via internet.

http://www.pm.sc.gov.br/fmanager/pmsc/upload/926920/sem_titulo-5dtvase46v34vw45c45754.jpg
O acesso ao sistema é restrito e sub-dividido em niveis de acessos, que permitem somente ao comando e a sargenteação alterar os dados do sistema.Por fim, o sucesso do sistema pode ser medido pela aceitação dos policiais militares, uma vez que conseguiu “diminuir o desconforto do policial em se programar diariamente e tornar tudo mais prático” conforme relata ocabo Marcos Pedro da Silva.

(Fotos e informações: 1° tenente Thiago Augusto Vieira - comandante 1° Cia/4° BPM - Publicação: 1° tenente Rafael Vicente - 4° BPM)

Ultimas Notícias Institucionais