PMSC termina o ano comemorando baixos índices de criminalidade

Por: Cabo Rodrigo Costa, em 28/12/2018


A Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC) termina o ano de 2018 comemorando a diminuição dos índices de criminalidade no Estado. O comandante-geral, coronel Carlos Alberto de Araújo Gomes Júnior, parabenizou a corporação pelos desafios que foram vencidos. “Quando assumi o comando, dizia para todos que seria uma espécie de apneia, quando caímos numa piscina e só levantamos a cabeça quando chegamos ao outro lado da borda. Foi um ano especial, em termos de resultados”, completou.
Ao falar dos dados, desde fevereiro de 2018, o coronel ressaltou a parceria com as outras forças policiais (Polícia Civil, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Ministério Público e Poder Judiciário), que ajudaram no aumento do número de operações e a multiplicação do número de apreensões.
O número de operações de grande porte subiu de 17, em 2017, para 49 em 2018, resultando quase quatro mil horas de operações.
A Operação Adsumus teve como objetivo o combate à violência e ao tráfico de drogas. O nome da operação significa 'estamos presentes'.
Já a Operação Ferrolho, por sua vez, realizou o controle policial, de sanidade animal e criminal, em todas as entradas de Santa Catarina. O cerco foi inédito no Brasil. Com ela, a PM hoje já pode contar com um controle online e digital sobre todas suas operações no Estado.
Por outro lado, a Operação Mãos Dadas, que iniciou em agosto, em Florianópolis, representou a presença preventiva fixa de policiais na Vila União (Norte da Ilha) e no Morro do Mocotó (área central da cidade). Os dois lugares são pontos críticos, com ações frequentes de facções criminosas e tráfico de drogas, cuja ação reflete em toda a criminalidade da Capital. Ela ainda está ativa, sem data para terminar.
Outra operação inédita foi a Operação PM 4000, que teve como objetivo reduzir a criminalidade, em especial, a letalidade violenta, vias de fato, furto, roubo, bem como fatos relacionados com a violência contra mulheres que, não obstante, estão correlacionados direta ou indiretamente com a ingestão de bebidas alcoólicas e uso de drogas. Nela é mobilizado todo o efetivo da PMSC, em ações de barreiras, de fiscalização de Lei Seca e visitas a estabelecimentos comerciais em todo o Estado.
Diante de tudo que aconteceu, o comandante ressalta também que, em 2018, os números de mortes violentas foram 224 a menos que no ano anterior. E em relação a 2016, foram 102 a menos e 38 a menos em relação a 2015. “Isso significa o segundo resultado melhor da década”, completou.
Também foi contabilizado um aumento de 27% na apreensão de armas de fogo, o que significa mais de 500 armas fora de circulação do que em 2017.
Em termos de furtos, foram contabilizados 10 mil casos a menos que o ano anterior. Os casos de roubos também diminuíram. Foram 5.302 a menos que em 2017.
Em 2018 a Polícia Militar de Santa Catarina recuperou 4.781 veículos roubados. Nas estradas do Estado as mortes também diminuíram. Foram 39 mortes a menos e 700 feridos a menos em comparação a 2017.
Ao todo, nas mais diversas ações e operações realizadas neste ano, a PMSC conduziu quase 100 mil pessoas por transgressões diversas. “Tenho orgulho de fazer parte desta corporação, que conquistou todos esses resultados, num trabalho incansável a favor da segurança e do bem estar do povo catarinense”, finalizou o coronel.

Ultimas Notícias Institucionais

  • Palhoça

    16º BPM encerra cursos de extensão ...
    19/03/2019
  • Projeto

    12ª RPM avança tratativas para impl...
    18/03/2019
  • Proteção

    PM realiza palestra sobre Rede Catari...
    15/03/2019
  • Reconhecimento

    28º BPM: policial é homenageado em ...
    15/03/2019
  • Mudanças

    Ambiental de Joaçaba tem novo comand...
    13/03/2019
  • 10º BPM

    Policiais do 10º BPM participam de p...
    12/03/2019
  • Rede de Segurança Escolar

    Fronteira: policiais de Paraíso real...
    12/03/2019
  • 13º BPM

    Rede de Vizinhos é expandida na cida...
    11/03/2019
  • Reconhecimento

    Palhoça: 16º BPM homenageia policia...
    08/03/2019
  • Fronteira

    11°BPM/Fron: Policiais Militares rec...
    08/03/2019