Polícia Militar Rodoviária apresenta dados da Operação Independência

Por: Soldado Rodrigo Costa, em 12/09/2017


O balanço da Operação Independência, divulgado pela Polícia Militar Rodoviária (PMRv), mostrou que durante o feriadão, entre os dias 6 e 11 de setembro, o número de acidentes chegou a 104, ou seja, 9,57% a menos em relação ao feriadão de 2015. “Fizemos um comparativo com 2015 justamente quando aconteceu o mesmo feriadão em relação ao número de dias. Então houve redução dos números, tanto de mortes como de acidentes, levando em consideração também que a cada ano a nossa frota de veículos aumenta”, destacou o comandante do Batalhão de Polícia Militar Rodoviária (BPMRv), tenente-coronel Fábio José Martins.

Acidentes com vítimas chegaram a 50, deixando sete mortos em um total de 175 veículos envolvidos. (ver tabela abaixo). Os principais acidentes registrados foram saída de pista, colisão frontal e lateral, autuações com uso do celular, falta de cadeirinha no transporte de crianças, além de 14 carteiras de habilitação recolhidas, por embriaguez.

O tenente-coronel considerou a operação positiva e apontou a imprudência como uma grande vilã. “Consideramos positiva a operação e também lamentamos, logicamente, pois registramos um número alto de mortes para um feriadão. Buscamos, na medida do possível, reduzir esses números, mas o problema é que a maioria dos acidentes estejam relacionados com a imprudência dos motoristas”.

Os policiais rodoviários foram distribuídos, em escalas de serviço de revezamento, por 89 rodovias, perfazendo uma malha viária de aproximadamente 4 mil quilômetros. “Sempre que há um feriadão nós intensificamos a fiscalização, desde que as condições operacionais sejam possíveis. Assim, esse ano fizemos muitas micro-operações com radar, para reduzir a velocidade. Além disso, também fomos favorecidos na questão meteorológica, onde tivemos um feriadão sem chuvas", destacou o comandante. "Tudo isso contribui para a redução dos números que tivemos na operação deste ano”, acrescentou.

Secretaria de Estado de Comunicação (Secom) :: Foto: James Tavares/Secom

Ultimas Notícias Institucionais