Projeto de radiocomunicação digital com a PRF é apresentado à SSP

Por: Soldado Rodrigo Costa, em 07/04/2017


Na busca de modernizar a comunicação via rádio dos órgãos estaduais de segurança, foi apresentado na tarde desta quinta-feira, 6, em reunião na Sala do Conselho Estratégico do Comando-Geral da Polícia Militar de Santa Catarina, o sistema utilizado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), que está em implantação em todo o país. Na presença do chefe do Estado-Maior-Geral, coronel Giovanni Cardoso Pacheco, do chefe da Diretoria de Tecnologia da Informação (DTI), coronel Rogério Vonk, além de integrantes dos principais órgãos que compõe a Secretaria de Segurança Pública no Estado (SSP), foram expostas as intenções e detalhes que envolvem a implementação do Projeto de Radiocomunicação Digital Compartilhado SSP/SC/PRF.

Conforme o gerente técnico do projeto da PRF, Tiago Andrade, o programa é 100% digital e tem como principal característica a segurança na comunicação à distância, em tempo real. “Nossa premissa está pautada em três pilares: cobertura, disponibilidade e sigilo da informação”, destacou. O agente também salientou que, atualmente o sistema que vem sendo implantado, em todos os estados de fronteira brasileira, possibilita a integração com os demais órgãos, o que facilita a comunicação e o tempo-resposta em ações conjuntas. “Nossa intenção seria criar uma rede nacional de Segurança Pública, totalmente integrada”, explicou o agente Alberto Raposo, que também coordena o projeto junto à PRF.

De acordo com o chefe da Divisão de Radiocomunicação da Diretoria de Tecnologia da Informação da PMSC, major Woldemar Deocleciano Medeiro Klaes, que integra o grupo de trabalho que coordena o projeto junto à SSP, a idéia só vem de encontro às atuais necessidades da corporação, que ainda sofre com graves deficiências na cobertura do sinal e também com o sigilo das informações transmitidas. "Atualmente, a comunicação é feita de forma tradicional, por meio do sistema analógico, empregando tecnologia LTR, do final da década de 1970. A partir desse sistema novo, a comunicação vai ser totalmente digital, que é semelhante à tecnologia de celular. O que acaba acelerando mais o processo, a qualidade da comunicação e melhora o alcance, já que será possível ter uma cobertura muito superior ", afirmou o major.

Em sua explanação, o oficial destacou pormenores bem como as principais vantagens da implementação, diante da apresentação de números e dados que justificam os benefícios primários e secundários do novo formato. “O sistema trunking digital TETRA, tem sido utilizado, principalmente na Europa e Ásia, com bastante sucesso, aliando confiabilidade e eficiência nas transmissões e segurança na comunicação”, apontou. “Aproveito também para fazer um agradecimento especial aos professores Rubem Toledo Bergamo e Ramon Martins, da área de Engenharia de Telecomunicações do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC), não só pelos apontamentos como também por todo o apoio prestado na elaboração do nosso projeto”, agradeceu.

O chefe do EMG da PMSC, coronel Pacheco, ressaltou a importância de haver uma única tecnologia de comunicação entre as instituições. “Ninguém faz segurança pública sozinho. E este projeto vem de encontro a esse pensamento”, apontou o coronel. Destacou ainda que a reunião teve como objetivo apresentar a relevância do projeto, bem como elencar as principais vantagens, além de servir como ponto de partida para a elaboração de um termo de cooperação com a PRF, de maneira a repassar à SSP, por meio da sua Diretoria de Planejamento e Avaliação (DIPA), sobre a necessidade de se viabilizar esta importante tecnologia, que irá atender as demandas não somente da Polícia Militar, como também da Polícia Civil, do Corpo de Bombeiros Militar, do Instituto Geral de Perícia (IGP) e do Departamento de Administração Prisional (Deap). “É necessário mostrar que o projeto existe e que é possível e vantajoso executá-lo”, completou o coronel Pacheco.

A intenção é que para o final deste ano a tecnologia já esteja disponível à Polícia Militar. “Nossa intenção é que em dezembro deste ano já estejamos operando com o novo formato digital, pelo menos na Grande Florianópolis, para o qual já existem recursos previstos junto à Secretaria de Estado do Planejamento, por meio do programa Pacto por Santa Catarina”, pontuou o chefe da DTI e coordenador do grupo de trabalho na PMSC, coronel Vonk. “Estamos juntando forças. A partir do momento em que o acordo for assinado com a PRF, junto à SSP, vai ser possível resolver, de uma vez por todas, a problemática da comunicação policial via rádio", comemorou.

Ultimas Notícias Institucionais

  • Prevenção

    Braço do Norte: Proerd inicia aulas ...
    22/06/2017
  • Criciúma

    Comandante-geral visita alunos soldad...
    22/06/2017
  • Rio do Sul

    Oficial médico encerra atividades no...
    22/06/2017
  • Reconhecimento

    Câmara Municipal de Palhoça homenag...
    22/06/2017
  • Melhor idade

    11°BPM promove pedágio educativo ao...
    22/06/2017
  • Novos agentes temporários

    1ª RPM e 11ª RPM formam novas turma...
    21/06/2017
  • Brusque

    18º BPM forma primeira turma do Proe...
    21/06/2017
  • Brusque

    Polícia Militar Ambiental participa ...
    21/06/2017
  • Tubarão

    Polícia Militar participa do aniversá...
    21/06/2017
  • Tubarão

    Comandante-geral visita CFSd do 5º BPM
    21/06/2017