7º BPM: voluntários da 1ª Ação Comunitária da Rede de Vizinhos recebem curso profissionalizante

Por: Soldado Josiane Cordeiro Marcelino, em 10/10/2017


Há dois meses, teve início no Bairro Fazenda Santo Antônio, em São José, a 1ª Ação Comunitária promovida pelos policiais militares da 2ª Companhia do 7° Batalhão de Polícia Militar (BPM) que atuam no policiamento da Rede de Vizinhos. Diante do sucesso da ação, uma das empresas parceiras do projeto cedeu sete vagas de um curso profissionalizante para os voluntários da comunidade terapêutica.

O cabo Tiago Maciel de Miranda e o soldado Lucien Estácio Cunha, engajados no projeto e acompanhados do responsável, Thiago Oliveira, fizeram visitas na comunidade, onde foi realizada uma parceria voluntária para que todos os trabalhos da ação comunitária fossem concluídos. Durante a execução do projeto, os policiais e o responsável pela comunidade terapêutica receberam a visita de um empresário da área automobilística da região, que cedeu aos voluntários da comunidade sete vagas de um curso profissionalizante.

Desde que o projeto foi criado, todos os contribuintes lutam pelo principal objetivo: a união entre a Polícia Militar, os moradores, comerciantes locais e a Comunidade Terapêutica Desafios Jovens Nações por Herança. Dentre os objetivos da ação, pautada na Filosofia de Polícia Comunitária, buscou-se além de uma aproximação da PMSC com a comunidade, um processo de ressocialização aos participantes da Comunidade Terapêutica Desafios Jovens Nações por Herança.

Luciano de Araújo Alves, voluntário do projeto e membro da comunidade terapêutica, foi um dos contemplados com a vaga e hoje vem realizando o curso junto com os amigos da comunidade. “A sociedade me olhava com outros olhos, fui atendido por comerciantes de porta aberta, realizei corte de cabelo e tive meus dentes restaurados no consultório odontológico do agora amigo Fabiano Prietro, cirurgião dentista e policial militar. Creio que a união faz a força e esta ação comunitária mostrou isso. Todos nós podemos nos unir e criar não apenas uma rua mais bonita e um terreno limpo, mas um bairro, uma cidade e porquê não um mundo melhor”, disse ele.

Como resultado da presente ação, 153 calçadas foram pintadas, 45 calçadas reconstruídas e 22 muros pintados. Um total de 53 comércios também foram beneficiados com as demarcações realizadas em seus estacionamentos e oito lixeiras foram instaladas na rua a qual a ação se destinou a revitalizar. Diante dos resultados satisfatórios, o atual comandante da 2ª Comapnhia do 7°BPM, capitão Fabiano Rene Farias, não mediu esforços para estimular a construção de novos projetos no bairro, que hoje é contemplado com o policiamento preventivo em contato direto com a comunidade local, e garantiu que novas ações estão por vir!

Texo: cabo Tiago Maciel de Miranda

Ultimas Notícias Institucionais