Foto: Presentes e Protegendo
Foto: Polícia Militar de Santa Catarina
Responsive image
Responsive image
Notícias
Cidadão
Unidades
Boletim de Ocorrência
Denúncia
Contato

Policiais militares concluem curso de Cães de Guerra do Exército


O Canil do 14º Batalhão de Polícia Militar (BPM), representado pelos soldados Kelielson Diego de Freitas e Adriano Fietz, participou e concluiu com êxito o Estágio de Adestramento e Emprego de Cães de Guerra, realizado na 5ª Companhia de Polícia do Exército, em Curitiba (PR).

De acordo com o Exército Brasileiro, o termo “Cão de Guerra” é utilizado para se referir a cachorros treinados especialmente para o emprego militar. Esses cães, que também recebem treinamento para ações de combate, desenvolvem atividades que vão desde o patrulhamento e a guarda de instalações militares, até o faro para a busca de drogas e explosivos.

O estágio teve a duração de cinco semanas e carga horária de 160 horas, com o objetivo de habilitar militares e integrantes da Segurança Pública para o treinamento e o emprego operacional de cães, bem como para o desempenho da função de adestrador de cães de guerra. A formatura do curso foi realizada na quinta-feira, 4, e contou com a presença do comandante da 12ª Região de Polícia Militar (RPM), coronel Amarildo de Assis Alves, e do comandante do 14º BPM, tenente-coronel Márcio Leandro Reisdorfer.

O coronel Amarildo lembra que a área da 12ª RPM é uma das mais seguras do Estado e a política de gestão da Regional está pautada em parcerias, projetos, tecnologia e muita ostensividade. “Essa parceria entre Polícia Militar e Exército fortalece e qualifica, ainda mais, a segurança pública em Jaraguá do Sul e região, além de ter oportunizado aos policiais militares do 14º BPM o treinamento em um curso altamente especializado e respeitado no país”, destaca Amarildo.


A atividade com cães teve início na Polícia Militar de Santa Catarina em 1980. Os cães desenvolvem diversas ações policiais, englobando o patrulhamento tático K-9, operações de busca e captura, auxílio em resgates, ações de controle de distúrbios civis, policiamento desportivo e detecção de entorpecentes e armas. Também atuam em apresentações de cunho educacional e recreativo, além de apoio a outras instituições.