Foto: Lema da unidade
Foto: Foto da unidade da Polícia Militar de Santa Catarina
Notícias
Cidadão
Unidades
Boletim de Ocorrência
Denúncia
Contato

Mesmo durante o isolamento, mulheres vítimas de violência doméstica seguem atendidas


Neste período de quarentena e afastamento social, na cidade de Chapecó, policiais militares do 2º Batalhão de Polícia Militar de Fronteira (2ºBPM/Fron) que fazem parte da Rede Catarina de Proteção à Mulher, com todos os cuidados e seguindo as normas de prevenção ao Covid-19, continuam fazendo as visitas preventivas.

Após uma das últimas visitas da primeira quinzena de abril, a Rede Catarina do 2ºBPM/Fron fez a seguinte postagem em um rede social, destinado às "Catarinas", como são carinhosamente chamadas as mulheres que fazem parte do programa: "Olá Catarinas! Hoje foi dia de visitar nossas protegidas! Vocês não estão desamparadas nesse momento tão crítico! Sabemos que o isolamento é necessário e que vocês precisam de nós! Então, tomando os devidos cuidados que o momento exige, estamos com vocês!".

Essa ações fazem parte do dia a dia da atuação da guarnição, os policiais enviam mensagem para as mulheres e informam que vão fazer visitas no bairro delas, explicam que as visitas serão com o distanciamento, uso de máscaras e sem contato físico, muitas vezes a conversa ocorre até com o portão fechado, mas com a proximidade suficiente para saberem que não estão sozinhas.

As visitas são mais que uma patrulha, diferentes de uma simples ronda de fiscalização de medidas, os policiais procuram mostrar que realmente estão do lado das mulheres, que procuram entender o que se passa em cada residência, dando a atenção que uma vítima de violência doméstica precisa e através dessa política de proximidade, buscam fortalecer a confiança e prestar um melhor serviço de proteção.