Foto: Lema da unidade
Foto: Foto da unidade da Polícia Militar de Santa Catarina
Notícias
Cidadão
Unidades
Boletim de Ocorrência
Denúncia
Contato

7º BPM tem novo comandante


Nesta quarta-feira, 10, aconteceu a troca do comando do 7º Batalhão de Polícia Militar (BPM), localizado em São José.

Na oportunidade, o tenente-coronel André Rodrigo Serafin assumiu o posto no lugar do tenente-coronel Eduardo Gonçalves da Silva. A cerimônia foi fechada ao público, atendendo às regras de segurança contra a pandemia do novo coronavírus, sendo transmitida ao vivo no perfil do 7º BPM no Instagram.

O evento contou com as presenças do comandante-geral da Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC), coronel Dionei Tonet, do subcomandante-geral, coronel Marcelo Pontes e do comandante da 11ª Região de Polícia Militar, coronel Áureo Sandro Cardoso.

Durante o seu discurso, o tenente-coronel Eduardo Gonçalves da Silva relatou algumas das ações realizadas na sua gestão, como a aquisição de novas viaturas, que foram adquiridas através de convênios e doações, a queda no número de homicídios, a adoção de processos preventivos em relação a questão da violência contra a mulher (Rede Catarina), o pioneirismo na implantação do curso de Língua Brasileira de Sinais (Libras) aos policiais do 7º BPM e a extensão de bases operacionais, dando como exemplo a unidade localizada ao lado do Shopping Itaguaçu.

Posteriormente, o comandante-geral da PMSC, coronel Dionei Tonet, destacou que, ao chegar perto de completar os seus primeiros 30 dias à frente da instituição, está trabalhando efetivamente com o intuito de “melhorar as condições de trabalho de todos os policiais militares catarinenses”. Nesse sentido, o comandante também ressaltou a necessidade da união de esforços. “Só desta forma, trabalhando unidos, poderemos compartilhar das nossas conquistas”, completou. Por fim, ele desejou ao tenente-coronel Serafin, que assumiu o comando do 7º BPM, “prudência e sabedoria no seu trabalho diante do novo desafio”.

Currículo do tenente-coronel André Rodrigo Serafin

O tenente-coronel André Rodrigo Serafin é policial militar desde 1993, chegando ao oficialato em 12 de julho de 2002 e promovido ao posto de tenente-coronel em 5 de maio de 2020.

Proveniente do Estado-Maior da 1ª RPM (responsável pelo 4º BPM, 21º BPM e 22º BPM), no decorrer de sua carreira, Serafin realizou o Curso de Formação de Soldados (1993), Curso de Formação de Oficiais (2002), Curso de Direitos Humanos na Escola de Direitos Humanos da Secretaria Nacional de Segurança Pública (2007), Curso de Tiro Defensivo (2008), Curso de Instrutor de Armas Longas (2009), Curso de Perícias Oficiais (2012), Curso de Aperfeiçoamento de Oficiais (2014) e o Curso de Gestão de Polícia Ostensiva (2018).

Dentre os cursos civis de nível superior realizados, o oficial possui bacharelado em Segurança Pública pela Universidade Do Vale do Itajaí (2002), pós-graduação em Políticas e Gestão em Segurança Pública pela Universidade Estácio de Sá (2011) e pós-graduação em Administração em Segurança Pública pela Universidade do Estado de Santa Catarina (2014).

Foi condecorado com os brasões de mérito pessoal 3ª, 2ª e 1ª categorias, com a medalha de mérito por tempo de serviço, categoria bronze e prata, com a medalha comemorativa de 170 anos da PMSC e medalha de mérito em Operações Especiais do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope).

Em sua trajetória profissional na instituição, exerceu como principais funções enquanto oficial superior, a de comando da Companhia Especial de Policiamento com Cães do Canil Central (2014 a 2018), chefe da seção operacional da 11ª RPM (2018), subcomandante do 4º BPM (2018 a 2020) e chefe do Estado-Maior da 1ª RPM (2020).

Texto: jornalista Marcelo Passamai | Fotos: 3º sargento RR Paulo Henrique Santana/CCS