Foto: Lema da unidade
Foto: Foto da unidade da Polícia Militar de Santa Catarina
Notícias
Cidadão
Unidades
Boletim de Ocorrência
Denúncia
Bem-Te-Vi

Polícia Militar inicia 9º edição do Curso de Operações Especiais


A Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC) iniciou um dos eventos mais aguardados pela corporação, o IX Curso de Operações Especiais (Coesp). A cerimônia de abertura foi realizada na segunda-feira, 15, no auditório da Secretaria de Estado da Segurança Pública, em Florianópolis.

A coordenação do curso está a cargo do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE). Os policiais terão 770 horas/aula durante o evento, que englobará diversas disciplinas atinentes às atribuições de operações especiais, com duração de aproximadamente quatro meses.

O Curso de Operações Especiais tem por objetivo habilitar policiais militares para o emprego em missões específicas e de altíssimo risco, atuando diretamente junto ao Batalhão de Operações Policiais Especiais, desenvolvendo atividades de apoio às unidades de área ou junto a outras organizações policiais e militares que requeiram o emprego de tropa especializada.

A aula magna foi ministrada pelo comandante-geral da PMSC, coronel Marcelo Pontes, o qual destacou aos alunos que “uma especialização desta natureza é de grande importância e vem para aperfeiçoar e padronizar os procedimentos nas ocorrências de alta complexidade. Após formados, não importa qual seja a cor da farda, estamos sempre prontos e preparados para atender e garantir a segurança da sociedade catarinense”.

Também estiveram presentes na solenidade de abertura do curso o subcomandante-geral da PMSC, coronel Evandro de Andrade Fraga, o comandante do Comando de Apoio Especializado da Polícia Militar (CAEPM), coronel Luciano Leite, o comandante do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), tenente-coronel Lucius Paulo de Carvalho, e demais autoridades militares e civis.

“Que esse curso possa revelar os novos “Caveiras”, assim denominados aos policiais militares que concluem esse evento reconhecido em todo o país. Sendo os alunos capacitados para atuarem nas ocorrências de mais alta complexidade no campo da segurança pública”, ressaltou o comandante do BOPE, tenente-coronel Lucius.

As Operações Policiais Especiais são aquelas operações conduzidas por policiais altamente treinados e que desempenham atividades de alta complexidade, onde há uma agressiva e complexa quebra da ordem pública. Em regra, trata-se da atuação em ocorrência que envolvem gerenciamento de crise, negociação policial com risco iminente de vida, técnicas de menor potencial ofensivo, tiro de comprometimento, intervenção tática, operações rurais, operações aquáticas, operações aéreas, operações coordenadas de combate ao crime organizado, segurança de autoridades e ocorrências envolvendo artefatos explosivos, estando essas diretamente vinculadas à inteligência de segurança pública.

 Fotos: 1º sargento RR Aurélio de Oliveira/CCS