Foto: Lema da unidade
Foto: Foto da unidade da Polícia Militar de Santa Catarina
Notícias
Cidadão
Unidades
Boletim de Ocorrência
Denúncia
Contato

42 alunos concluem Curso de Formação de Oficiais


A Policia Militar de Santa Catarina (PMSC) realizou na manhã desta sexta-feira (3), a formatura de 42 cadetes do Curso de Formação de Oficiais (CFO), turma coronel Júlio Tiziano Basadona Dutra. Após dois anos em formação, os novos aspirantes a oficial saem do Centro de Ensino com toda experiência técnica e prática para atender a população catarinense.

A cerimônia que aconteceu no Centro de Ensino da Polícia Militar, contou com a presença do governador do Estado, Carlos Moisés. “Gostaria de parabenizar todos aspirantes a oficial, pois sabemos o quanto é difícil chegar até o final. Sintam-se abraçados e que Deus ilumine a carreira de todos, para que possam tomar as decisões mais acertadas dentro dos princípios da integridade, da boa governança e da liderança que o oficial representa nas forças auxiliares estaduais”, concluiu o governador Moisés.

No decorrer do curso, com carga horária total de 2.740 horas-aula, distribuídas em dois anos, os alunos receberam instruções para o cumprimento de inúmeras missões no campo da polícia ostensiva e da preservação da ordem pública. Após a formatura, os cadetes são declarados aspirantes a oficial da PMSC, realizando agora um estágio probatório no período de seis meses até serem promovidos ao posto de 2º tenente, ingressando assim no Quadro de Oficiais.

Durante a solenidade, os aspirantes fizeram o juramento e a tomada de compromisso, prometendo se dedicar inteiramente ao serviço policial militar, a manutenção da ordem pública e à segurança da comunidade, mesmo com o risco da própria vida.

O comandante-geral da PMSC, coronel Dionei Tonet, afirmou que “os familiares dos aspirantes, devem se orgulhar dos filhos de vocês, pois sem sombra de dúvidas é um desafio formar-se na Academia de Polícia Militar. Nós somos de fato a representação física do poder do Estado, nós que colocamos as ações do Ministério Público, do Judiciário, em atividade junto à sociedade, sendo a Polícia Militar a mantedora da garantia da lei e da ordem. Esta é a responsabilidade repassada a todos vocês novos aspirantes”.

Os aspirantes receberam o diploma no Curso de Bacharelado em Ciências Policiais ofertado pela Faculdade da Polícia Militar (Fapom), como parte do curso de formação de oficiais da Polícia Militar, o qual se encontra devidamente autorizado a partir do Decreto Estadual Nº 1852, de 21 de Dezembro de 2018 e o parecer nº 135, aprovado em 13 de Novembro de 2018, do Conselho Estadual de Educação.

O tenente-coronel Pablo Neri Perreira, escolhido pelos formandos como paraninfo da turma, parabenizou todos os concluintes e disse “sou muito grato de estar aqui hoje cumprindo uma das maiores honrarias da minha carreira, ser paraninfo da turma de aspirantes de 2021. Me sinto honrado por ter a certeza que vocês são melhores do que nós fomos quando nos formamos, e não digo isso por apenas conhecê-los e saber de suas qualidades, mas por acreditar na nossa evolução institucional e em especial na capacidade de formação da nossa Academia de Polícia Militar em entregar verdadeiros líderes”.

O primeiro colocado da turma com média 9,918, na classificação geral do CFO, aspirante a oficial Marcelo Bornhausen de Sousa, foi agraciado com a medalha Alferes Tiradentes, gratificação esta, concedida ao primeiro colocado no curso de formação. Além disto, foram realizadas diversas premiações pelo esforço e dedicação daqueles que se destacaram no decorrer do curso, em várias áreas de conhecimento, como Ciências Jurídicas, Ciências Humanas e Sociais, Disciplinas Policiais, dentre outros.

A formatura também contou com a presença do chefe do Estado-Maior-Geral (EMG), coronel Aurélio José Pelozato da Rosa, o presidente do Colegiado Superior de Segurança Pública e Perícia Oficial e comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar, coronel Charles Alexandre Vieira, representando o presidente da Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, Onir Mocellin, além das demais autoridades militares, civis e convidados.

Durante a solenidade, o governador Moisés aprovou o Regulamento da Lei nº 6.217, de 1983, que dispõe sobre a Organização Básica da Polícia Militar do Estado de Santa Catarina e dá outras providências.

Sobre o nome da turma

O nome de turma é uma homenagem dos formandos ao coronel Júlio Tiziano Basadona Dutra pela sua dedicação e serviços prestados a corporação e ao povo catarinense.

O coronel Júlio, filho de Nestor Dutra e Luiza Basadona, nasceu em 21 de maio de 1930 e é natural de Florianópolis.

Incluiu nas fileiras da Polícia Militar de Santa Catarina em 1º de abril de 1949 e foi declarado aspirante-a-oficial em 1952. Foi o primeiro comandante do Centro de Instrução Policial Militar, atual centro de ensino da corporação, tendo durante este comando apresentado aos alunos da escola de formação de oficiais (atual curso de formação e oficiais), em 1968, o estandarte da academia de Polícia Militar.

O coronel Basadona Dutra foi também chefe da Casa Militar do governador Ivo Silveira, chefe do Estado-Maior-Geral e comandante do Corpo de Bombeiros Militar. 

Faleceu em 4 de março de 2021, aos 91 anos.

Por seu pioneirismo no comando do centro de ensino, por sua integridade e dedicação no desempenho da função policial militar.

Clique aqui e veja mais fotos da formatura.

Fotos: 3º sargento RR Paulo Santana