Foto: Lema da unidade
Foto: Foto da unidade da Polícia Militar de Santa Catarina
Notícias
Cidadão
Unidades
Boletim de Ocorrência
Denúncia
Contato

Ações da PM em Balneário Camboriú apreendem drogas


O 12º Batalhão de Polícia Militar realizou na última semana a Operação Choque de Ordem II com ações em todo o Município de Balneário Camboriú. Dentre as apreensões de drogas em decorrência das ações emanadas da Operação, destaque para apreensão realizada na segunda-feira, 15, de 50 kg de maconha na Rua Guará, bairro Ariribá e prisão de um homem de 30 anos.

No dia seguinte, na terça-feira, 16,  foram apreendidas 500 gramas de maconha fracionadas em 87 invólucros, prontos para a venda na Rua Corupá e prisão de uma mulher de 37 anos. Na quarta-feira, 17, a PM apreendeu 60 kg de maconha na avenida do Estado e prisão de dois homens, 37 e 39 anos.

Outra apreensão aconteceu na quinta-feira, 18, de 25 kg de maconha na Marginal Leste e prisão de dois homens, 31 e 32 anos.

Policiais do 12º BPM cumpriram mandado de prisão na sexta-feira, 19, na Rua Canelinha, de um homem de 30 anos condenado pelo crime de tráfico de drogas. No sábado, 20, foram apreendidas 47 gramas de crack na rua Canelinha e prisão de dois homens, 23 e 28 anos. No domingo, 21, a PM apreendeu 48 pedras de crack na rua Campos Novos e prisão de um homem de 22 anos.

Prisão - Destaque, por fim, para a prisão de um homem de 27 anos, na sexta-feira, 19. Após se evadir em um veículo na rua Corupá, acabou abordado e preso em flagrante na avenida Santa Catarina portando um revólver calibre 357 magnum municiado e com substâncias entorpecentes.

A Polícia Militar estrategicamente posicionou o Posto de Comando da Operação promovendo 12 horas de barreiras policiais diárias nos cinco dias da Operação e efetuado 12 termos circunstanciados por posse de droga.

A Prefeitura também participou das ações, sendo registrados pela equipe da Inclusão Social, 112 abordagens, 30 acolhimentos para a casa de passagem, seis internações em clínicas de reabilitação e quatro pessoas que retornaram para suas cidades. Também foram vistoriados em conjunto com Polícia Militar, Guarda Municipal e Vigilância Sanitária uma pousada que era frequentada para uso de drogas e prostituição, que foi fechada na rua Corupá.