Foto: Lema da unidade
Foto: Foto da unidade da Polícia Militar de Santa Catarina
Notícias
Cidadão
Unidades
Boletim de Ocorrência
Denúncia
Bem-Te-Vi

Centro de Treinamento do Bope gradua quatro policiais à faixa-preta de jiu-jitsu


Criado em 2009, o Centro de Treinamento do BOPE (CT-BOPE) é uma iniciativa da Unidade que reúne artes marciais, como o Jiu-Jitsu, Muay thai, Boxe e MMA, com o fim de incentivar o treinamento e o desenvolvimento da defesa pessoal a seus integrantes.

De forma inédita, quatro policias que iniciaram o treinamento de Jiu-Jitsu no BOPE, como faixas-brancas, alcançaram a faixa-preta após aproximadamente dez anos de dedicação à arte. Dentre os graduados, estão o comandante do BOPE, tenente-coronel Lucius Paulo de Carvalho, sub tenente Rafael dos Santos Pires (integrante do Esquadrão de Polícia Montada, e que serviu no BOPE entre 2010 e 2020), cabo Deyvedy Tyago Padilha (integrante do COBRA/BOPE) e o Agente da Polícia Federal Tommy Ross (concludente do COEsp de SC, em 2009).

A graduação foi conferida pelos faixas-pretas 3º grau sargento Giovani Odnei Mendes e sargento Paulo Henrique da Silva, um dos precursores do CT BOPE.

Segundo o tenente-coronel Lucius Paulo de Carvalho “a partir da faixa branca, cada grau, cada graduação, sempre vieram acompanhadas de muita evolução, por vezes invisíveis ou quase imperceptíveis. Independente de vitórias, derrotas, lesões ou rotina de trabalho, o mais importante é sempre ter a humildade de voltar aos treinos. O Jiu-Jitsu é afim às operações especiais, pois descende dos Samurais, guerreiros japoneses de elite, sinônimos de honra, lealdade e servidão. Assim também são os integrantes do BOPE, combatentes especiais, que labutam diariamente em missões de altíssima complexidade, mesmo com o risco da própria vida”.