Foto: Lema da unidade
Foto: Foto da unidade da Polícia Militar de Santa Catarina
Notícias
Cidadão
Unidades
Boletim de Ocorrência
Denúncia
Contato

Curso de empreendedorismo feminino é realizado na 2ª RPM


Na última sexta-feira, 29, a 2ª Região de Polícia Militar (RPM), em parceria com órgãos públicos e privados, realizou a formatura da primeira edição do Curso de Empreendedorismo Feminino do programa de extensão “Educação em Direitos Humanos das Mulheres, Gestão e Sustentabilidade”.

O curso aconteceu em 7 (sete) encontros com objetivo principal de possibilitar às alunas subsídios para que possam empreender e conquistar independência financeira. Na oportunidade, oito mulheres em situação de vulnerabilidade social se formaram e algumas já iniciaram seu próprio empreendimento durante as aulas.


Estiveram presentes na cerimônia a deputada federal Carmen Zanotto, a coordenadora do programa de extensão da Universidade do Estado de Santa Catarina de Educação (Udesc) em Direitos Humanos da Mulher, Gestão e Sustentabilidade, Marzely Gorges Farias, a secretária de Políticas Públicas para Mulher, Marli Barrentin Nacif, além de diversas outras autoridades.

Os parceiros para realização do curso foram o Centro de Educação a Distância da Universidade do Estado de Santa Catarina, Secretaria de Políticas para a Mulher da Prefeitura Municipal de Lages, o grupo empresarial Hinode Florianópolis, o Serviço Social do Transporte/Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (SEST/SENAT) Lages e o Serviço Social do Comércio (SESC) com o Mesa Brasil.

Demonstrando a importância da realização do curso na vida social e financeira dessas mulheres, uma formanda presenteou a deputada Carmem com bolachas de fabricação própria, apresentando resultados positivos e concretos de aprendizagem.

O coronel Zelindro Ismael Farias, comandante da 2ª Região de Polícia Militar, encerrou a cerimônia enfatizando a relevância das parcerias para fornecer oportunidades às pessoas que necessitam de apoio tanto público como privado para recomeçarem uma nova vida, e concluiu dizendo: “a construção de uma sociedade segura e próspera depende apenas do cada um de nós e das nossas atitudes diárias.”