Foto: Lema da unidade
Foto: Foto da unidade da Polícia Militar de Santa Catarina
Notícias
Cidadão
Unidades
Boletim de Ocorrência
Denúncia
Contato

Delegado Paulo Koerich assume Colegiado Superior de Segurança Pública e Perícia Oficial


Tomou posse na manhã desta segunda-feira, 6, o novo presidente do Colegiado Superior de Segurança Pública e Perícia Oficial, delegado Paulo Norberto Koerich, em substituição ao comandante-geral da Polícia Militar de Santa Catarina, coronel Carlos Alberto de Araújo Gomes Júnior.

A portaria foi assinada pelo governador Carlos Moisés e a substituição faz parte da política adotada pela Secretaria da Segurança Pública, que prevê um regime de rodízio entre a Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros Militar e Instituto Geral de Perícias. O ato aconteceu no auditório do Centro Integrado de Cultura (CIC), em Florianópolis.

Em sua fala, o coronel Araújo Gomes elencou os avanços da Segurança Pública neste primeiro ano do atual governo, destacando a substancial queda nos indicadores de criminalidade, onde enfatizou a redução de 16,1% nos índices de mortes violentas.

“Tivemos quedas substanciais, em vários índices de criminalidade. E eu destaco as mortes violentas, bem como os roubos e os furtos. Três eixos que impactam diretamente na segurança do cidadão. Atingimos uma marca histórica que foi o número abaixo de 10 mortes por 100 mil habitantes (9.7 homicídios por 100 mil habitantes). Além disso, tivemos quedas nos roubos, em 30%, e nos furtos, que diminuíram em 14%”, comentou.

Satisfeito com os resultados do primeiro ano, o coronel também explicou porque a nova formatação da Segurança Pública em Santa Catarina deu certo e funciona.

“Neste primeiro ano atingimos a maturidade para entender e vislumbrar o papel do sistema. Internamente, ele deu certo porque é visível para os gestores envolvidos e também porque proporcionou uma maior proximidade entre as instituições, além de uma maior integração das ações e também por ter melhorado a qualidade das decisões tomadas e a forma com que elas foram implementadas. Externamente, naquilo que interessa à população, ele funcionou na medida que garantiu uma redução concreta e substancial dos índices de criminalidade, mostrando que as melhorias internas refletiram em entregas positivas, que é uma das lógicas do atual governo”, avaliou.

“Mas, a nossa maior conquista foi o fortalecimento das instituições e o respeito da autonomia que elas possuem. E, com isso, conseguimos avanços históricos como resultado. Neste período, a criminalidade caiu, o medo diminuiu e a confiança nas forças de segurança pública cresceu, fazendo da segurança um motivo de orgulho e fator de atratividade econômica para o Estado”, emendou. “Enfim, agora eu permaneço como membro do colegiado e à disposição de todos”, pontuou o comandante da PMSC.

Por fim, o coronel também elogiou o novo presidente e afirmou que o Estado tem tudo para estar ainda mais seguro com o protagonismo do amigo.

“A figura do presidente do colegiado é extremamente importante. É um ponto de equilíbrio. Serve como mediador de conflitos e alinhador de expectativas e interesses. E eu não tenho a menor dúvida que o doutor Paulo Koerich vai manter, consolidar e destacar ainda mais os índices de criminalidade. Com certeza, será mais um ano de grandes conquistas”, assegurou o coronel.

Já o novo presidente, em sua fala, assegurou que a meta é dar continuidade aos avanços e implementar novos projetos para o setor. O delegado garantiu que, tanto a Polícia Militar quanto a Polícia Civil continuarão dando atenção especial para os programas de combate à violência contra a mulher. “Vamos continuar o trabalho diferenciado, somando esforços para que Santa Catarina seja ainda mais segura.

:: Informações e imagens da Secretaria de Estado da Segurança Pública