Foto: Lema da unidade
Foto: Foto da unidade da Polícia Militar de Santa Catarina
Notícias
Cidadão
Unidades
Boletim de Ocorrência
Denúncia
Bem-Te-Vi

Mais de 300 crianças encerram ciclo do Estudante Cidadão em Brusque


Na última quarta-feira, 13, a Polícia Militar participou da solenidade de encerramento do Programa Estudante Cidadão na Escola Municipal de Educação Básica Professora Augusta Dutra de Souza, no bairro Limeira, em Brusque. O programa foi implantado no local em agosto de 2019, com a participação de aproximadamente 320 crianças, do 1º ao 9º ano.

Prestigiaram a solenidade o comandante da 7ª Região de Polícia Militar (RPM), coronel Moacir Gomes Ribeiro, e o comandante do 18° Batalhão de Polícia Militar (BPM), tenente-coronel Otávio Manoel Ferreira Filho, ao lado de autoridades civis, corpo técnico da escola, convidados, imprensa local e colaboradores do programa.

A cerimônia iniciou com o hasteamento Pavilhão Nacional. Na sequência, ocorreu a entrega da premiação dos alunos destaques do mês de outubro.

Durante o ato, a diretora da escola, Cristina Knis Zierke, parabenizou a iniciativa dos policiais, relatando que após a implantação do programa, os estudantes tiveram uma melhora significativa no comportamento geral.

Ao fazer uso da palavra, tanto o  coronel Gomes quanto o tenente-coronel Otávio reforçaram a importância da parceira e dos laços entre a comunidade e a Polícia Militar. Eles reconheceram o benefício do programa tanto para os militares participantes, quanto para os alunos envolvidos.

O programa foi coordenado na escola pelo major Heintje Heerdt, com apoio dos policiais militares do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd) e de agentes temporários.

Durante o projeto, os estudantes foram recepcionados três vezes por semana pelos policiais, onde entravam em forma, por turma, na quadra da escola. Posteriormente, participavam do hasteamento da bandeira nacional, cantavam o hino e realizavam alguma apresentação artística.

Ao final, os alunos eram conduzidos pelos policiais até a sala de aula, rotina que se repetiu diariamente durante o semestre. Além disso, durante todas as semanas era escolhido  um novo “chefe de turma" para cala sala.

Assim, o programa implementou ações que possibilitaram aos alunos desenvolverem noções de cidadania e civismo, estimulando o respeito a figura do professor, aprimoramento do aspecto comportamental, melhora na autoestima, identificação com o local de estudo e, consequentemente, zelo pelo  estabelecimento de ensino.