Foto: Lema da unidade
Foto: Foto da unidade da Polícia Militar de Santa Catarina
Notícias
Cidadão
Unidades
Boletim de Ocorrência
Denúncia
Bem-Te-Vi

Mulheres feitas reféns são salvas após rápida ação da PM


No final da tarde desta terça-feira, 20, a Polícia Militar foi acionada para atendimento de ocorrência onde duas mulheres estariam sendo mantidas reféns, após um sequestro na cidade de Indaial. Em ação rápida, os policiais salvaram as vítimas na cidade de Blumenau.

Segundo testemunhas, as vítimas estavam no estacionamento de um comércio quando foram rendidas por um homem armado que as obrigou a entrarem no seu próprio veículo e mediante grave ameaça, exigiu que passassem seus notebooks e celulares para outro carro, que apoiava na ação delituosa. Em seguida os veículos seguiram sentido litoral.

Com essas informações, as guarnições policiais realizaram um cerco na cidade de Blumenau e conseguiram localizar o veículo onde se iniciou o acompanhamento.

Ao perceber a presença policial e na tentativa de fugir, o condutor passou a desrespeitar as leis de trânsito, pegando várias ruas com sentido contrário de direção, desobedecendo às ordens de parada, colocando em risco a vida de diversas pessoas e danificando outros veículos da via.

Em certo momento, o motorista entrou numa rua sem saída e na tentativa de retornar para a rodovia Ingo Hering, forçou uma passagem em local inadequado e acabou colidindo o veículo, ficando sem condições de rodar. 

No esforço de se evadir, o homem correu para uma área de mata se abrigando atrás de uma árvore de onde se negava a atender qualquer ordem de abordagem. Apontando a arma de fogo na direção das viaturas, atentou contra a vida dos policiais, momento em que estes tiveram uma abertura e revidaram a injusta agressão, disparando contra o agente.

Rapidamente, foi acionado os Bombeiros para prestar atendimento ao ferido, contudo, o mesmo já se encontrava sem sinais vitais. As mulheres apesar de estarem sem lesões aparentes receberam atendimento dos socorristas devido ao estado de choque.

Os militares realizaram os trâmites inerente à eles,  e encaminharam as vítimas com seu carro até a delegacia para a continuidade das providências legais. A Polícia Científica esteve presente no local para realizar as perícias necessárias e recolheu a arma utilizada pelo autor, um revolver calibre 38. Os objetos furtados e o veículo de apoio não foram localizados.

Vale ressaltar que o agente tinha 30 anos e apresentava várias passagens criminais, inclusive por tráfico de drogas.