Foto: Lema da unidade
Foto: Foto da unidade da Polícia Militar de Santa Catarina
Notícias
Cidadão
Unidades
Boletim de Ocorrência
Denúncia
Contato

PM prende trio por roubo, tráfico e receptação


No dia 6, quinta-feira, em uma abordagem que iniciou por volta das 11h da manhã na avenida Fernando Machado, bairro Bela Vista e teve desdobramentos em outros locais, a Polícia Militar de Santa Catarina (PM), em busca a autores de um roubo de celulares ocorrido durante a madrugada, prendeu três homens com idades de 20, 21, e 22 anos. Um simulacro de arma de fogo, usado no roubo, também foi apreendido, além de 24 gramas de maconha, celulares roubados e uma bicicleta furtada.

Desde que atendeu à ocorrência de roubo, por volta das 3h da madrugada, na rua Benjamin Constant, centro de Chapecó, a PM começou a procurar o veículo usado no crime, um Ford Ka de cor preta, do qual os policiais tinham conhecimento da placa, repassada pelas vítimas, três jovens na faixa dos 20 anos, de quem foram roubados os celulares.

Segundo as vítimas, eles estavam chegando em casa quando o veículo se aproximou bem devagar, o carona desceu armado com uma pistola de cor preta e anunciou o roubo, obrigando a entregarem os telefones celulares, fugindo em alta velocidade.

Já durante a manhã, quando os policiais militares abordaram o veículo usado no crime, estavam nele os homens de 20 e 21 anos. Realizada uma busca pessoal e veicular, mas nada de ilegal foi encontrado, no entanto quando questionados sobre o roubo, confessaram o crime e que haviam usado um simulacro de arma de fogo para perpetrar o crime.

Ao serem questionados do paradeiro da arma e dos celulares, eles contaram que teriam ido até a casa de um homem de 22 anos e trocado os três celulares roubados por drogas e que a arma estava na casa de um deles. O simulacro de arma de fogo foi localizado a apreendido, os policiais também foram em busca dos celulares roubados.

Os policiais foram até a casa do homem de 22 anos e o questionaram sobre o cometimento do crime de tráfico e receptação. Ele negou com firmeza, inclusive autorizou uma busca em sua casa. No entanto, contrariando o que ele falou, foram localizados oito celulares, os quais o morador não conseguiu comprovar a propriedade e não soube informar a procedência, além de uma bicicleta furtada, 24 gramas de maconha e papel alumínio, geralmente usado para embalar a substância para venda. A equipe de fato do Canil chegou a ser acionado, porém nada mais foi encontrado.

Diante dos fatos, os envolvidos e as referidas vítimas foram encaminhadas para Central de Plantão Policial (CPP) de Chapecó, para as providências cabíveis.