Foto: Lema da unidade
Foto: Foto da unidade da Polícia Militar de Santa Catarina
Notícias
Cidadão
Unidades
Boletim de Ocorrência
Denúncia
Contato

PMSC realiza curso de instrutor de tiro


A Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC) realizou nesta segunda-feira, 25, a abertura do Curso de Instrutor de Tiro - Uso da Força e da Arma de Fogo por Oficiais. Realizada no auditório do Centro de Ensino, em Florianópolis, a solenidade contou com uma palestra de Bene Barbosa, especialista em Segurança Pública.

O Curso de Instrutor de Tiro - Uso da força e da arma de fogo por Oficiais tem carga horária de 321 horas/aula. Estão matriculados 31 oficiais e tem por objetivo instruir e capacitar os oficiais com conhecimento, habilidades e atitudes necessárias à atividade de instrutor de tiro policial no âmbito da PMSC, além das instituições parceiras, conferindo-lhes assim a competência de ministrar cursos de formação e habilitações em armamentos e instruções de revitalização de tropa.

Estiveram presentes o subcomandante-geral da PMSC, coronel Marcelo Pontes, o chefe do Estado-Maior-Geral, coronel Aurélio José Pelozato da Rosa, o diretor de Instrução e Ensino e diretor-geral da Faculdade da Polícia Militar (Fapom), coronel Fábio José Martins, o chefe do Departamento de Tiro da PMSC, tenente-coronel Éder Jaciel de Souza Oliveira, e o secretário do curso, major Humberto Porto Mapelli.

O coronel Marcelo Pontes destacou a necessidade do aperfeiçoamento contínuo de cada policial. “Nossa corporação é uma das mais capacitadas do país. Por isso, temos a oportunidade com cursos deste tipo, de qualificar cada vez mais o nosso corpo policial para melhor atender à sociedade catarinense”, afirmou.

Em sua palestra, Bene Barbosa analisou o cenário da Segurança Pública no país e apresentou dados para que os oficiais, que estarão nos próximos dias participando do Curso de Instrutor de Tiro - Uso da Força e da Arma de Fogo por Oficiais, possam utilizar em suas futuras operações. “Armas nas mãos certas e minimamente treinadas não significam mais mortes e crimes. Significam menos crimes e até mesmo mais educação”, afirmou Barbosa.

Para conferir a galeria de imagens do evento, clique aqui.

Texto: Marcelo Passamai

Fotos: 1º sargento RR Aurélio de Oliveira/CCS