Foto: Lema da unidade
Foto: Foto da unidade da Polícia Militar de Santa Catarina
Notícias
Cidadão
Unidades
Boletim de Ocorrência
Denúncia
Contato

Polícia Militar Ambiental apreende material de pesca e autua pescadores


Entre os dias 22 e 24, a Polícia Militar Ambiental (PMA), por meio de sua unidade em São Miguel do Oeste, realizou mais uma série de fiscalizações referente ao Período da Piracema 2021/22, com o propósito de coibir a prática da pesca predatória durante o período de defeso. Nesses dias, os policiais apreenderam diversos materiais de pesca e ainda dois pescadores foram autuados.

Na sexta-feira (22), a Policial Militar em Itapiranga recebeu uma informação que no rio Uruguai, mais precisamente no local conhecido por “Poço do Pipo”, dois homens estariam realizando pesca predatória. A guarnição da PM deslocou-se para o local, onde flagrou dois pescadores, na margem, com redes e peixes.

Os policiais militares informaram a PMA, que esteve em apoio e constatou a pesca irregular por parte dos pescadores. Além de uma rede de 38 metros, a qual era utilizada para realizar a prática de “pesca de arrasto”, foram apreendidos dois peixes, um da espécie Grumatã e o outro da espécie Dourado. Sendo assim, foram lavados os respectivos autos de infrações ambientais.

Ainda na sexta-feira, durante realização de patrulhamento aquático ambiental no Rio Uruguai, no trecho compreendido entre a Linha Chapéu até a Linha Laranjeira, foram apreendidos 450 metros de redes de pesca e dois espinheis totalizando 150 metros.

Já no domingo, 24, durante patrulhamento aquático ambiental na região de Itapiranga, nos rios Uruguai e Peperi-Guaçu, a PMA apreendeu redes de malhas diversas, totalizando 300 metros de redes, além de dez esperas, devolvendo ao rio inúmeros peixes que estavam emalhados nas redes.

A Polícia Militar orienta que neste período da Piracema determinados materiais estão proibidos, bem como em alguns locais a prática da pesca torna-se proibida. Havendo dúvida, contate a unidade da PMA mais próxima.