Foto: Lema da unidade
Foto: Foto da unidade da Polícia Militar de Santa Catarina
Notícias
Cidadão
Unidades
Boletim de Ocorrência
Denúncia
Bem-Te-Vi

Polícia Militar lança programa Estudante Cidadão em Caçador


Na manhã de quinta-feira, 5, a Polícia Militar de Santa Catarina retomou as atividades do programa Estudante Cidadão de 2022 na escola Morada do Sol, em Caçador. O programa é desenvolvido pelo 15º Batalhão de Polícia Militar (BPM), em parceria com a Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Educação.
A cerimônia de lançamento contou com a presença de diversas autoridades, pais de alunos, comunidade e imprensa. Os alunos destaques em disciplina, asseio pessoal, proatividade e interesse nas atividades foram premiados durante o evento.
A formatura foi realizada com demonstração de ordem unida e, ao final, os alunos desfilaram marchando em continência ao comandante do 15º Batalhão de Polícia Militar (BPM), tenente-coronel José Ronaldo Branco, e à diretora da unidade escolar, Tatiane Pessoli Frederick.
Em seu discurso, o tenente-coronel Ronaldo agradeceu a presença de todos e deixou uma mensagem especial aos pais e mães dos alunos.
“Deixem a Polícia Militar abraçar seus filhos antes que a rua, as drogas, as armas e as más companhias abracem eles. Acompanhem a rotina dos filhos, pois eles precisam da nossa atenção. Eu sei que temos trabalho e que a rotina do dia a dia é pesada, mas arrumemos um tempinho da nossa vida que é muito valioso para eles”, enalteceu o comandante Ronaldo, reforçando a importância do papel da família na educação.
Saiba mais
A escola Morada do Sol foi escolhida levando em consideração a vulnerabilidade social e a probabilidade maior impacto na comunidade. O programa "Estudante Cidadão" é realizado cinco vezes por semana, com duração de meia hora cada dia, em média. O programa consiste no deslocamento de policiais para a unidade escolar, onde são aplicadas atividades visando o aprimoramento da formação do estudante como cidadão.
Além disso, o programa busca que valores positivos sejam fixados nas crianças e adolescentes, bem como mudança nos comportamentos negativos, criação de identidade e responsabilidade com o ambiente escolar. Também visa o resgate da figura do professor como mestre e condutor de ações pedagógicas efetivas e o aumento da autoestima dos estudantes, profissionais e comunidade do entorno da unidade escolar e com isso diminuir os índices de criminalidade da evasão escolar.