Foto: Presentes e Protegendo
Foto: Polícia Militar de Santa Catarina
Responsive image
Responsive image
Notícias
Concursos
Unidades
Boletim de Ocorrência
Denúncia
Contato

Primeira turma conclui curso de Segurança de Autoridades


Trinta e cinco alunos concluíram na manhã dessa sexta-feira (6) o primeiro Curso de Segurança e Proteção de Autoridades da Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC). A solenidade de formatura ocorreu no Centro Integrado de Cultura (CIC) em Florianópolis e contou com a presença do comandante-geral da PMSC, coronel Carlos Alberto de Araújo Gomes Júnior.

As instruções duraram três semanas, com carga horária de 160 horas/aula. Dentre os discentes, além de policiais militares do Estado, também participaram um oficial da Casa Militar do Acre, um oficial da Casa Militar do Rio Grande do Sul, um agente da Polícia Rodoviária Federal e um sargento do Exército Brasileiro.

Também prestigiaram o evento o chefe da Casa Militar do Ministério Público, o coronel Luiz Ricardo Duarte, o chefe da Casa Militar do Governo do Estado, coronel João Carlos Neves Júnior, o chefe da Casa Militar do Tribunal de Contas do Estado, coronel Ademar Casanova e o chefe da Casa Militar do Tribunal de Justiça, tenente-coronel Emerson Fernandes. O chefe da Casa Militar do Governo do Rio Grande do Sul, coronel Júlio César Rocha Lopes, representou a Brigada Militar.

A cerimônia iniciou com um vídeo institucional do curso (que pode ser visto abaixo) e a entrega dos diplomas aos primeiros colocados. O 1º tenente Jônatas Wondracek alcançou a terceira colocação, o 3º sargento Josué Hélio Gonzaga, a segunda colocação, e o soldado Dyego de Souza Pereira obteve a melhor pontuação, ficando com a primeira colocação.

O 2º tenente Brauner Justino Arcaro Filho, orador da turma, falou aos presentes sobre a experiência vivida nos últimos dias. “Hoje, ao final dessa jornada, podemos afirmar que o objetivo foi alcançado, foram três semanas intensas de preparação, onde tivemos o privilégio a ter acesso ao melhor”, afirmou Brauner.

O coordenador do curso, major Diego Marzo Costa, agradeceu aos envolvidos, seja dentro ou fora da instituição, para que o objetivo fosse alcançado. “Agradeço a todos os instrutores que evidenciaram a qualidade do recurso humano que opera na segurança pública catarinense”, asseverou o major.

Por fim, o comandante-geral, coronel Araújo Gomes lembrou: “havia uma dívida, que dizia respeito a questão da segurança pessoal. A proteção aos poderes é missão constitucional da Polícia Militar e, portanto, lancei esse desafio ao tenente Fagundes, secretário do curso, e ao major Marzo, coordenador, de realizar a melhor capacitação e que nos consolidasse para formar os melhores agentes de segurança de autoridades”, finalizou o comandante.

A atividade de segurança e proteção de autoridades representa uma garantia às instituições e aos seus representantes, assegurando a isenção e a tranquilidade necessária aos tomadores de decisões.