Foto: Lema da unidade
Foto: Foto da unidade da Polícia Militar de Santa Catarina
Notícias
Cidadão
Unidades
Boletim de Ocorrência
Denúncia
Bem-Te-Vi

Rede Catarina da PMSC completa cinco anos


A Polícia Militar de Santa Catarina comemora nesta quinta-feira, 02, o Programa Rede Catarina de Proteção à Mulher. Direcionado à prevenção da violência doméstica e familiar contra a mulher, estando pautado na filosofia de polícia de proximidade e buscando conferir maior efetividade e celeridade às ações de proteção à mulher, o programa se sustenta em ações de proteção, no policiamento direcionado da Patrulha Maria da Penha e na disseminação de solução tecnológica.

Atualmente a PMSC atua com a Rede Catarina em 208 municípios com 132 policiais envolvidos. Até o final de 2021 a Rede Catarina realizou 28.915 visitas preventivas e atendeu a 14.790 mulheres.

Para a secretária dos Programas Preventivos e Institucionais da PMSC, a tenente-coronel Naíma Huk Amarante, a Rede Catarina “busca conferir maior efetividade e celeridade às ações de proteção à mulher, fornecendo amparo, orientações e, ainda, liberação ao Botão do Pânico”, afirmou.

A Patrulha Maria da Penha facilita a efetividade à Lei Maria da Penha, ajudando no cumprimento das medidas protetivas de urgência deferidas. Assim, o acompanhamento das mulheres vítimas de violência doméstica e familiar se torna humanizado com a guarnição da Rede Catarina.

A Rede Catarina de Proteção à Mulher foi idealizada a partir de práticas existentes por todo território nacional e em Santa Catarina iniciou na cidade de Chapecó. Atualmente, a Rede Catarina transcendeu os programas e projetos experimentados de Patrulha Maria da Penha.

Texto: Jornalista Marcelo Passamai