Foto: Lema da unidade
Foto: Foto da unidade da Polícia Militar de Santa Catarina
Notícias
Cidadão
Unidades
Boletim de Ocorrência
Denúncia
Contato

Solenidade comemora 50 anos de instalação do conjunto Comandante Fábio


Na noite desta quarta-feira, 22, foi realizado uma solenidade comemorativa aos 50 anos de instalação do conjunto Comandante Fábio, prédio principal do Centro de Ensino da Polícia Militar (CEPM). O evento aconteceu no pátio da Academia de Polícia Militar da Trindade, em Florianópolis.

Estiveram presentes na formatura o comandante-geral da instituição, coronel Dionei Tonet, o subcomandante-geral, coronel Marcelo Pontes, o diretor-geral da Faculdade da Polícia Militar de Santa Catarina (Fapom), coronel Fábio José Martins, além de outras autoridades militares.

Durante o ato, foi entregue a moeda comemorativa dos "50 anos do conjunto Comandante Fábio" e também a medalha de Mérito Educativo aos homenageados que estiveram na cerimônia.

Ao término, também foi inaugurado o busto do Comandante Fábio em frente ao prédio da Diretoria de Ensino. Na oportunidade, a filha do homenageado, Roberta Maria de Campos Lins, juntamente com o comandante-geral e o diretor da Fapom, realizaram o descerramento da imagem.

"Nossa história deve ser sempre valorizada e assim sempre a cultuaremos. Somos o que somos no presente, graças aos que lutaram no passado. Viva nossas tradições, viva nossos antepassados!", conclui o coronel Dionei Tonet, encerrando a formatura.

SOBRE O COMANDANTE FÁBIO 

Fábio de Moura e Silva Lins, nasceu em 19 de outubro de 1924, em Serro, Minas Gerais, filho do desembargador Dário Augusto Lins e Carmélia de Moura e Silva Lins, formado Aspirante-a-Oficial na Academia Militar das Agulhas Negras em 1947, na Infantaria.

Entre agosto de 1958 e dezembro de 1959, foi comandante de companhia do Batalhão Suez, escrevendo um artigo para a revista Defesa Nacional, no ano de 1967, sobre sua atuação na Faixa de Gaza. O Batalhão de Suez era um braço do Exército Brasileiro (EB) nas Forças de Paz da Organização das Nações Unidas (Onu).

Foi o primeiro comandante da Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC) originário do Exército Brasileiro, e a partir dele foi substituída a utilização do “Laço Húngaro” como identificador dos oficiais, pelas insígnias de estrelas, tradicionais do EB. Assumiu o comando da PMSC em 21 de março de 1969, deixando-o em 12 de junho de 1972.

Em 1979 foi promovido a general de brigada e em 1980 recebeu o grau de comendador na Ordem Nacional do Mérito e a medalha de mérito Santos Dumont, mesmo anos que exerceu suas funções como comandante da 2ª Brigada de Corumbá.

Entre os anos de 1981 e 1984 foi diretor patrimonial do EB em Brasília e reformado em 1992. Em 2005 foi agraciado com a medalha Ordem do Mérito Batalhão Suez, no 63º Brigada de Infantaria. Faleceu no dia 22 de abril de 2007, em Florianópolis.

Para acessar a galeria de imagens do evento, CLIQUE AQUI.

Fotos: 1º Sargento RR Aurélio de Oliveira/CCS