Foto: Lema da unidade
Foto: Foto da unidade da Polícia Militar de Santa Catarina
Notícias
Cidadão
Unidades
Boletim de Ocorrência
Denúncia
Bem-Te-Vi

Três pessoas são presas por efetuar disparos em sacada de apartamento


Nesta quinta-feira, 16, por volta das 2h, a Polícia Militar prendeu três pessoas por disparo de arma de fogo, porte ilegal de arma de fogo de uso permitido, desobediência e resistência na Praia Brava, em Itajaí. Os suspeitos usavam uma arma importada da República Tcheca para efetuar disparos da sacada de um prédio durante uma festa.

Os policiais militares foram acionados para verificar a denúncia de sete disparos com arma de fogo ocorrido em um apartamento. No local foram avistadas quatro pessoas bebendo e fazendo algazarra na sacada. Ao ser solicitado para que os mesmos descessem até a rua para conversar com os Policiais Militares, um dos homens gritou da sacada dizendo que "ninguém iria descer, que ele não abriria a porta do condomínio e que a Polícia não entraria em seu apartamento", momento esse em que uma das moradoras do local abriu a porta e permitiu que as guarnições entrassem no condomínio.

No local, foi orientado diversas vezes ao proprietário que abrisse a porta do apartamento, e depois de algum tempo acatou a ordem dos policiais militares. No apartamento haviam quatro pessoas, três homens e uma mulher, todos alterados fazendo uso de bebida alcoólica e drogas. Durante as buscas no interior do apartamento foram encontrados na parte de cima de um armário do quarto uma pistola, calibre 380, marca CZ, dois carregadores com seis munições intactas e dez estojos.

Dois estojos da munição deflagrada estavam no sofá da residência onde a mulher estava sentada, possivelmente tentando esconder os objetos. Um dos homens, após ser liberado no local por não ter incorrido em um dos crimes descritos do boletim de ocorrência, retornou ao apartamento alegando que queria buscar seu remédio e quebrou a porta do apartamento com o objetivo de incriminar as guarnições, visto que sua ação foi registrada através de fotos tiradas pelos policiais.

Os tiros foram filmados por outros moradores e toda ocorrência foi filmada pela câmera policial e registrada em fotos. Em revista pessoal já na delegacia, foram encontradas mais duas munições no bolso de um dos envolvidos.

Diante dos fatos, os dois homens e uma mulher que estavam envolvidos nos delitos foram presos e encaminhados para os procedimentos cabíveis, a arma de fogo foi apreendida.